Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
16/12/20 às 10h21 - Atualizado em 28/12/20 às 15h07

Codeplan divulga o Índice de Vulnerabilidade Social do Distrito Federal

O objetivo do índice é auxiliar na revisão do Plano Diretor de Ordenamento Territorial

 

A Companhia de Planejamento do Distrito Federal (Codeplan) divulga nesta quinta-feira (17), às 11h, o Índice de Vulnerabilidade Social do Distrito Federal (IVS-DF), em transmissão ao vivo pelo canal da Companhia no Youtube. O índice é uma iniciativa da Codeplan e da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Urbano e Habitação do Distrito Federal (Seduh-DF).

 

Para o presidente da Codeplan, Jean Lima, “o IVS-DF é um índice importante, já que reúne 24 indicadores distribuídos em quatro das mais expressivas dimensões de vulnerabilidade social do DF e, tem como objetivo subsidiar a revisão do PDOT, instrumento básico da política territorial e de orientação aos agentes públicos e privados que atuam na produção e gestão das localidades urbanas”.

 

As quatro dimensões de vulnerabilidade social que integram o IVS-DF são: Infraestrutura e Ambiência Urbana (DIAU), Capital Humano (DCH), Renda e Trabalho (DRT) e Habitacional (DH). O índice é calculado com base nos dados da Pesquisa Distrital por Amostra de Domicílios (PDAD) de 2018, possibilitando que os resultados sejam apresentados de forma desagregada e representativa por Região Administrativa (RA) e para todo o território do DF.

 

Outros indicadores úteis como renda domiciliar, concentração de renda, ocorrências criminais de diversas naturezas, natalidade, mortalidade e raça/cor também estão presentes.

 

Dentro de cada dimensão de vulnerabilidade social há uma série de indicadores avaliativos relacionados ao tópico abordado por aquela dimensão:

 

D1 – Dimensão de Infraestrutura e Ambiência Urbana (DIAU): indicadores relacionados aos domicílios e seus entornos e à mobilidade.

D2 – Dimensão de Capital Humano (DCH): indicadores que determinam a condição de educação dos moradores e outros aspectos de vulnerabilidade associados à trajetória de vida, como a gravidez na adolescência e os jovens “nem-nem” (que não estudam nem trabalham).

D3 – Dimensão de Renda e Trabalho (DRT): indicadores sobre a inclusão precária e/ou inadequada no mercado de trabalho, abordando ainda a insuficiência de renda das famílias e a diferença de renda entre homens e mulheres chefes de família.

D4 – Dimensão Habitacional (DH): indicadores que refletem as condições habitacionais da população, evidenciando a necessidade de provimento de moradias e a situação de inadequação domiciliar.

 

O Índice de Vulnerabilidade Social do DF é de 0,34. As regiões administrativas com os maiores índices de vulnerabilidade social são SCIA/Estrutural (0,72), Sol Nascente/Pôr do Sol (0,60), Fercal (0,55), Varjão (0,53) e Itapoã (0,53). Já as RAs com os menores índices são Sudoeste/Octogonal (0,09), Águas Claras (0,10), Cruzeiro (0,12), SIA (0,13) e Lago Sul (0,14). Em cada uma das dimensões citadas, o IVS-DF apresentou os seguintes resultados: capital humano (0,93), renda e trabalho (0,90), infraestrutura e ambiência urbana (0,69) e habitação (0,63).

 

Além da apresentação dos resultados, os pesquisadores responsáveis pela elaboração do IVS-DF irão elencar as contribuições do índice para a gestão pública. O convidado especial Thiago Trindade, pesquisador e professor do Instituto de Ciência Política da Universidade de Brasília, listará as contribuições do índice para a sociedade.

 

Serviço: Divulgação do Índice de Vulnerabilidade Social do Distrito Federal

Data: 17/12

Horário: 11h

Onde: Canal da Codeplan no Youtube (youtube.com/CodeplanOficial)

Mais informações: (61) 98260-9119 / 99220-6757 | codeplan@codeplan.df.gov.br

 

Acompanhe a Seduh nas redes sociais
@SeduhDF
@SeduhDF
@SeduhDF
seduhdf.comunicacao@gmail.com