Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
15/10/19 às 15h30 - Atualizado em 15/10/19 às 15h32

IFB de São Sebastião terá rota acessível até pontos de transporte público

Projeto requalifica calçadas, rampas de acessibilidade e passeio compartilhado com ciclistas para melhorar circulação de pedestres e pessoas com deficiência até paradas de ônibus

 

Parte de uma iniciativa de implementação de trajetos acessíveis e sinalizados nas imediações de centros de ensino, foi aprovado o projeto de sistema viário de rota acessível do Instituto Federal de Brasília (IFB) de São Sebastião. A autorização ao projeto consta da Portaria nº 145, publicada no Diário Oficial do Distrito Federal na sexta-feira (11).

 

A requalificação das rotas acessíveis tem o objetivo de interligar as unidades escolares aos pontos de transporte coletivo, como paradas de ônibus e estações de metrô. Dessa forma, busca-se garantir a circulação segura de pedestres, em especial, de pessoas com mobilidade reduzida.

 

O plano publicado nesta sexta se soma aos 22 previstos pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Seduh) para centros de ensino em Regiões Administrativas diversas. Todos foram desenvolvidos pela Coordenação de Projetos, da Subsecretaria de Políticas e Planejamento Urbano (Suplan).

 

As intervenções visam à correção de problemas no trajeto, como a interrupção da calçada nos acessos aos lotes por veículos e estreitamento dos passeios devido à colocação de postes e placas de sinalização. Também serão feitas melhorias nos seguintes pontos:

 

  • desníveis das calçadas em relação às paradas de ônibus;
  • implementação de rampas de acessibilidade com sinalização tátil;
  • inclinações inadequadas;
  • travessias de pedestres sem acessibilidade;
  • pinturas de vagas de estacionamento;
  • rampas de acessibilidade nas vagas para pessoas com deficiência;
  • implementação de passeio compartilhado entre pedestres e ciclistas, com largura mínima de três metros.

 

Uma vez aprovado o projeto, ele depende da disponibilidade financeira do Governo do Distrito Federal para execução das obras.

 

Leia também

Conplan cria câmaras temáticas para avaliar Luos e requalificação da W3 Norte

 

Acompanhe a Seduh nas redes sociais
@SeduhDF
@SeduhDF
@SeduhDF
seduhdf.comunicacao@gmail.com