Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
28/05/20 às 9h15 - Atualizado em 28/05/20 às 9h53

Rodoferrovária segue sob gestão patrimonial do Exército Brasileiro

Além disso, área do Shopping Popular e lote destinado para implementação da Central de Cooperativas de Catadores de Material Reciclável ficam sob responsabilidade do GDF

 

O Pátio Rodoviário de Brasília, também conhecido como Rodoferroviária, segue sob os cuidados do Exército Brasileiro. A atualização do Termo de Entrega e Recebimento firmado pela instituição com a Secretaria de Coordenação e Governança do Patrimônio da União (SPU) foi assinada nesta quarta-feira (26) em cerimônia no Departamento de Engenharia e Construção, no Quartel General do Exército. A Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação participou como convidada.

 

Desde 2006, a área é objeto de cooperação do Exército com a SPU para cercamento, vigilância, gestão do patrimônio imobiliário e execução do Plano de Recuperação de Áreas Degradadas. O Pátio é usado para a aplicação dos treinamentos e demais atividades ligadas aos Programas Estratégicos do Exército. “Essa área está sendo preservada de forma a atender aos anseios da Força Terrestre, da SPU e a colaborar com o GDF para o engrandecimento da nossa Brasília”, segundo o chefe do Departamento de Engenharia e Construção do Exército Brasileiro, general Cláudio Moura.

 

A medida permite o desenvolvimento de projetos das instituições, como explica o secretário de Coordenação e Governança do Patrimônio da União, Fernando Bispo. “Hoje conseguimos concretizar a maior parceria para o desenvolvimento estratégico tanto do Exército quanto da SPU”, disse. 

 

Duas parcelas da área, no entanto, ficarão sob gestão do GDF: a do Shopping Popular e a destinada à implementação da Central de Cooperativas de Catadores de Material Reciclável. 

 

Além disso, o imóvel também é alvo de parceria do Governo do Distrito Federal e o Exército Brasileiro para criação de um novo bairro planejado no território. Para tanto, será elaborado pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação um Plano de Uso e Ocupação, que deverá prever usos variados para o lote — como habitação, comércio, prédios públicos. 

 

O objetivo é incentivar a geração de emprego e renda no DF, como explica o vice-governador do Distrito Federal, Paco Britto. “O GDF não medirá esforços para ajudar a todas as instituições que queiram contribuir com o desenvolvimento da nossa cidade”, afirmou. O secretário de Relações Institucionais do DF, Vitor Paulo também participou da solenidade.

 

Acompanhe a Seduh nas redes sociais
@SeduhDF
@SeduhDF
@SeduhDF
seduhdf.comunicacao@gmail.com