Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
5/09/12 às 15h12 - Atualizado em 3/01/19 às 9h57

VISITA — Governo de Cingapura conhece projetos da Sedhab

O secretário-adjunto da Sedhab — Secretaria de Habitação, Regularização e Desenvolvimento Urbano, Rafael Oliveira, juntamente com os subsecretários, apresentou aos planejadores urbanos do Governo de Cingapura, Raphael Chua Teck Lee e Dayanithi Thangavel os principais instrumentos de planejamento e desenvolvimento do Distrito Federal.

A ideia é fazer um acordo com o Governo de Cingapura para que possa colaborar no processo de planejamento de Brasília para os próximos 50 anos.

Em julho deste ano, na missão internacional do GDF, o governador Agnelo Queiroz esteve em Cingapura e pode comprovar que a cidade-estado é um exemplo de superação. Cingapura teve impressionante evolução industrial: em 1965, a renda per capita era de U$ 576 e saltou para aproximadamente U$ 50 mil, em 2011. O desemprego atingia 9% da população em 1965 e caiu para 2,1%, em 2011. Cingapura é uma ilha pequena – com extensão leste-oeste de 42km e norte-sul de 23km – e tem recursos naturais limitados, mas se superou investindo nos recursos humanos.

A cidade-estado investiu nas adaptações necessárias ao seu desenvolvimento e na infraestrutura para atrair empresas de todo o mundo, dentro de um planejamento minucioso. E foi assim que saiu do contexto de terceiro mundo e alçou o cenário de primeiro mundo. Hoje, por exemplo, apesar de não ser produtora, é a terceira do mundo em refinamento de óleo.

Além de explicar a estrutura organizacional da Sedhab, Rafael Oliveira destacou que a Sedhab “é o órgão do governo que desenvolve as diretrizes e políticas nas áreas de habitação, regularização e desenvolvimento urbano de todo o Distrito Federal. Trabalhamos com a gestão do território, garantindo um desenvolvimento ordenado e dentro da lei”.

Para que os técnicos pudessem compreender como funciona a gestão do território do DF, em pauta: o Plano Diretor de Ordenamento Territorial (PDOT), o Plano de Preservação do Conjunto Urbanístico de Brasília (PPCUB), o Zoneamento Ecológico-Econômico (ZEE), a Lei de Uso e Ocupação do Solo (LUOS) e o Sistema de Informação Territorial e Urbana (Siturb).

A agenda da delegação começou na segunda-feira (03/09) com um café com o governador Agnelo Queiroz. Em seguida, visitaram a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e a Terracap. Nesta quarta-feira (05/09), vão conhecer os projetos da Secretaria de Transportes e o Sistema Fibra, que investe na realização de estudos e pesquisas na área econômica e social, voltados para a indústria do DF. Já na quinta-feira, vão visitar os órgãos do GDF que cuidam das áreas ambientais do Distrito Federal.

Com informações da Agência Brasília