Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
27/07/12 às 14h28 - Atualizado em 3/01/19 às 9h43

VISITA

Política habitacional é tema de encontro com delegação chinesa

(22/06/2012)

Nesta quinta-feira, 21, a Codhab recebeu a visita de uma delegação chinesa do governo do Distrito de Guangzhou. O objetivo foi o intercâmbio de experiências na área habitacional vivenciadas no Brasil, especificamente no Distrito Federal, e na China.

Participaram representando a Codhab o diretor-presidente, Luciano Queiroga; a Diretora Técnica, Dominique Cortês; o diretor Imobiliário, José Roberto Martins e o Chefe da Assessoria de Comunicação e Planejamento, Leandro Susin.

Na ocasião, os chineses assistiram a uma apresentação sobre a política habitacional do DF, focando nos programas Morar Bem e Regularizou, é seu! Sendo o primeiro voltado para o atendimento habitacional por meio da construção de novas moradias e o segundo visando à regularização do DF como um todo: cidades, partes de cidades, setor habitacional.

As dificuldades enfrentadas no processo de provisão de solução habitacional foram compartilhadas pelos representantes dos dois países.

O diretor do distrito chinês, Zigen Li, relatou que algumas pessoas beneficiadas pela política habitacional implantada pelo governo ao receber as casas acabam vendendo a moradia. Sobre esta problemática, o diretor – presidente da Codhab afirmou que uma das ações de combate a esta prática é a exclusão desta pessoa da política habitacional do DF.

Também foi questionado por Zigen li sobre o tratamento dispensado aos emigrantes, que acabam elegendo a capital como sua moradia. Segundo a política habitacional do DF, um dos critérios para fazer parte dos programas é ser morador do DF no mínimo durante os últimos cinco anos.

O Novo Cadastro da Habitação também foi apresentado a delegação chinesa que pontuou que processo semelhante acontece em seu Distrito.

Outro ponto abordado pelo representante chinês Zigen Li foi o elevado índice de criminalidade verificado nas áreas em que são instalados os projetos habitacionais do governo. “No DF, esta situação é pensada a partir da elaboração do Projeto de Trabalho Técnico Social (PTTS) de cada projeto. São elaboradas ações de educação ambiental, bem como possíveis ações geradoras de emprego e renda”, pontuou a diretora técnica, Dominique Cortês.

Ao final, o diretor-presidente da Codhab se comprometeu a dar prosseguimento a este intercâmbio na área habitacional entre os dois países.

Assessoria de Comunicação Sedhab